Skip to main content

Orquestra para casamento: entenda se vale a pena contratar

A trilha sonora de um casório é uma das maiores preocupações dos noivos. Afinal, a música é um dos elementos que mais ativa as nossas emoções. É por isso que muita gente tem optado por contratar uma orquestra para casamento.

orquesta para casamento

Para outras pessoas, no entanto, a ideia de ter uma orquestra pode ser “grande demais” ou assustadora.

Mas será que é tudo isso mesmo? Quais são os benefícios de contratar uma orquestra de casamento?

Se você está cogitando contratar uma orquestra para o seu casamento, mas não sabe se vale ou não a pena fazer, siga a leitura do artigo abaixo para fazer a sua decisão!

Em primeiro lugar, entenda o que é uma orquestra para casamento?

Uma das razões que muita gente se sente insegura sobre a contratação de uma orquestra para casamentos é a percepção de que se trata de algo grandioso demais para o evento. Não em termos de importância, claro, mas em termos de espaço.

Afinal, uma orquestra é composta por centenas de membros, com equipamentos enormes e que com certeza gerarão um trabalho enorme para acomodar no dia, não é mesmo?

Não necessariamente. Uma orquestra é um agrupamento instrumental reunido para tocar uma música. Não precisa, necessariamente, ter centenas de membros e nem instrumentos de todas as suas classes musicais.

No geral, uma orquestra completa conta com instrumentos de cinco classes:

  • cordas (violinos, contrabaixos e etc.);
  • madeiras (flautas, oboés e etc.);
  • metais (trompetes, trombones, etc.);
  • instrumentos de percussão (caixas, triângulos, etc.);
  • instrumentos de teclas (piano, cravo e órgão).

Para o seu casamento, no entanto, é possível montar uma orquestra com quantos membros você quiser.

Qual o tamanho ideal para uma orquestra de casamento?

O tamanho ideal para uma orquestra de casamento depende de vários fatores. Por isso, a resposta varia caso a caso.

Alguns dos fatores que modificam o tamanho ideal da orquestra são:

  • músicas que vão tocar;
  • tamanho do espaço;
  • duração da cerimônia;
  • orçamento dos noivos.

Normalmente, o mais recomendado é equipes de 10, 20 ou 30 pessoas dependendo do espaço do local e outros fatores. No entanto, é possível contratar só um violinista para a entrada da noiva, por exemplo.

Por falar nisso, vejamos a seguir quais os benefícios dessa contratação!

Quais as vantagens de ter uma orquestra no seu casamento?

Para entender se vale ou não a pena contratar uma orquestra para o seu casamento, é importante compreender quais os benefícios disso na cerimônia e na festa. Veja abaixo quais são!

Na cerimônia

Na cerimônia, a orquestra participa na hora de tocar a canção de entrada da noiva. Por isso, é recomendado que o evento seja em uma igreja, onde a acústica é impecável.

A grande vantagem disso é que a cerimônia fica muito mais emocionante com a orquestra. Não há comparação da música tocada ao vivo por uma equipe de músicos treinada com a versão com caixas de som.

Isso acontece porque as caixas de som, por melhores que sejam, sempre comprimem e modificam um pouco o áudio. Claro que elas ainda são emocionantes, mas não tocam o coração como a música ao vivo.

Na festa

Já a presença da orquestra na festa deixa a celebração um pouco mais divertida (se o pessoal aceitar pedidos), além de tornar todo o evento um pouco mais chique e sofisticado.

Com isso, a primeira valsa da noiva e do noivo tende a ser bem mais romântica e emocionante, levando facilmente os familiares às lágrimas de alegria.

Além disso, é fato que toda a cerimônia e a celebração com uma orquestra ficará inesquecível. Todas as pessoas lembrarão da presença dos músicos e comentarão sobre o evento no futuro.

Quais as desvantagens de uma orquestra para o seu casamento?

É claro que contratar uma orquestra para casamentos também gera algumas desvantagens em relação às outras opções, como um DJ ou usar uma caixa de som.

A primeira desvantagem é que o valor do atrativo pode ser um pouco maior do que ter um DJ ou simplesmente usar um sistema de som. Para quem vai se casar com o orçamento apertado, o agrado pode não caber.

A segunda desvantagem é que a música tocada pela orquestra, normalmente, não é muito “dançante”. Assim, quem espera por uma festa com balada na celebração, poderá ficar um pouco desapontada por ouvir uma música um pouco mais sóbria.

Por fim, é fato que é necessário acomodar os instrumentos da orquestra, embora seja algo também necessário para o DJ.

E aí, o que achou das nossas ponderações? Agora você acredita que vale ou não a pena contratar uma orquestra para casamento? Não esqueça de, antes de fazer a sua decisão, refletir bem nos prós e contras e fazer a escolha que deixará o evento mais com a sua cara possível.

Se você mudou de opinião sobre ter uma orquestra, deixe um comentário abaixo contando pra gente que música você tocará na entrada da noiva no seu casamento!

 

Gostou? Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.