Dicas para diminuir a conta de água em casa

Quer diminuir o seu consumo de água para diminuir o valor em sua conta no final do mês e ainda ajudar o meio ambiente? Continue a leitura porque há dicas imperdíveis!

A água é um recurso natural não renovável. Além disso, apesar de nosso planeta conter muita água, apenas 2% dela é doce. Não bastasse isso, desses 2%, apenas 0,02% está presente em lagos e rios para que possam abastecer cidades.

Com esses números, já é de se esperar que lugares sofram com a falta de água. Por isso, economizar esse bem tão precioso é muito importante.

Além da importância ambiental, ainda tem a questão financeira. A conta de água está cada vez mais alta. Precisamos reduzir o consumo de água para reduzir nossos gastos.

E, apesar de aparentar ser algo difícil, conseguimos reduzir o consumo de água apenas mudando certos hábitos e fazendo certas adaptações em nosso dia a dia. Não é difícil.

Dicas para diminuir a sua conta de água

Reaproveite a água!

Sim, isso mesmo. Reaproveite a água. E há diversas formas para se fazer isso:

Reaproveite a água da máquina de lavar

A água que é descartada após o enxague das roupas pode ser utilizada para a limpeza. Com ela, é possível que você limpe o chão de sua cozinha ou de sua área.

Para conseguir captar a água do enxágue, basta pegar o cano de vazão e coloca-lo em um balde. Assim que sua máquina expelir a água, ela será armazenada no balde em que você colocou o cano.

Dependendo da capacidade de sua máquina de lavar, é possível economizar até três baldes de água cheio, e isso por lavagem.

Água do ar-condicionado

Sabe aquela água que pinga de seu ar-condicionado? Coloque um balde embaixo da goteira e utilize a água salva no processo.

Reaproveite a água da lavagem de frutas e verduras

Ao lavar suas frutas, legumes e verduras, utilize um recipiente com água ao invés de usar a água corrente. Com isso, depois das frutas, legumes e verduras estarem lavados, você pode reaproveitar a água para outros afazeres.

Economize água com pequenas mudanças

Mude sua maneira de se banhar

Desligue o chuveiro quando você for se ensaboar. Isso fará com que seu consumo de água reduza muito.

Além disso, apesar de ser muito bom e relaxante cantar no chuveiro, escolha outra hora para afinar a sua voz. O tempo gasto no chuveiro é o que mais faz com que o consumo de água aumente. Saiba neste artigo como economizar água no verão.

Utilize um copo ao escovar seus dentes

Pode não parecer, mas quando você utiliza um copo para o enxague de sua boca após a escovação, você acaba economizando cerca de 3 litros de água.

Cuide a maneira de lavar a sua louça

Não lave a louça com a torneira aberta durante todo o processo. Ensaboe a louça com a sua torneira fechada e, após tudo ensaboado, enxágue.

Manutenções em sua casa

Verifique se as torneiras estão vedando bem

Pode parecer pouco, mas uma torneira mal fechada acaba trazendo prejuízos no final do mês.

Verifique possíveis defeitos na descarga de seu vaso sanitário

As vezes é possível de acontecer de a válvula da descarga estar com defeito. Isso faz com que a água fique escorrendo ininterruptamente e, com isso, aumenta o consumo e a sua conta no final do mês.

Atente-se aos vazamentos

Os vazamentos são os vilões da conta de água. Um pequeno furo num cano de água pode ser responsável pelo desperdício de cerda de 3 caixas d’água de mil litros.

Seguindo essas dicas, seu consumo e o preço a ser pago em sua conta de água reduzirão. Agora, lá vai uma dica extra: aproveite a água da chuva.  Espero que você tenha gostado das dicas!

Gostou? Compartilhe!

Reformar estofados vale a pena? Saiba mais

Trocar o forro dos estofados pode ser uma excelente maneira de restaurar os móveis de uma casa ou escritório que já estão sem vida ou com algumas imperfeições. Nesse artigo, confira as principais informações que você precisa saber a respeito dessa reforma de estofados.

A lavagem de sofá pode ser realizada em qualquer momento da vida de um móvel, geralmente ela proporciona uma excelente restauração da cor para os móveis de maneira geral, seja no sofá ou em cadeiras estofadas.

Mas, se você tem dúvidas sobre a reforma de estofados e ainda, sobre a restauração desses móveis, neste artigo você vai conferir o que é preciso para que esse procedimento seja realizado da melhor forma possível.

Tire suas dúvidas sobre reformar estofados

Assim como a impermeabilização de sofá deve ser realizada por um profissional que seja altamente capaz e ainda, que tenha experiência na realização desse serviço, para reformar estofados também é preciso contar com auxílio de pessoas que tenham experiência nessa atividade.

Trocar a espuma ou o forro dos estofados é uma atividade muito indicada para os casos em que o tecido do sofá, por exemplo, já está muito danificado, deixando o ambiente com um ar de desleixo e falta de cuidado. Geralmente, em casas com crianças e animais de estimação, o sofá é um dos primeiros móveis a serem comprometidos, ainda que tenham pouco tempo de uso.

Então, saiba que é possível realizar a reforma de sofás para que esse móvel ganhe um novo estilo e ainda, você não precise realizar um alto investimento para a aquisição de um novo sofá.

Quando o móvel é muito utilizado especialmente no caso do sofá, que é um dos móveis mais usados em uma residência, com alguns pequenos reparos é possível ter um móvel com um visual completamente renovado sem gastar muito.

Quando vale realmente a pena reformar estofados

Além das dúvidas mais comuns como, por exemplo, se esse é um procedimento seguro e indicado, saber quanto custa e entender se realmente vale a pena realizar a reforma do sofá ao invés de comprar um novo, é uma das dúvidas mais comuns sobre esse assunto.

Pensando nisso, separamos abaixo algumas das situações mais comuns que podem ser um verdadeiro indício de que esse é o melhor momento para realizar a reforma do seu estofado, conseguindo economizar sem que seja necessário um alto investimento.

Além da economia, o seu sofá terá um visual totalmente renovado, que pode combinar inclusive com um novo ambiente, no caso de reformas maiores que possam ser realizadas na casa.

O primeiro passo, é solicitar uma breve avaliação do sofá por um profissional especializado para entender se vale a pena ou não reformar o estofado.

Nesse momento, ele irá avaliar o tecido, assento e a estrutura do sofá. Além de uma boa lavagem de estofados, se a estrutura do sofá estiver boa e apenas o tecido estiver danificado, pode ser realizado uma lavagem para recuperar a cor e melhorar o aspecto do sofá.

Mas, se ainda assim for identificado pequenos estragos no estofado, então você pode ter certeza de que esse é o melhor momento para contratar a reforma do sofá. É importante verificar se realmente a estrutura do sofá está em perfeito estado e principalmente, livre de cupins.

Móveis que são mais antigos e, principalmente que possuem uma madeira muito mais resistente do que as que são encontradas nos dias de hoje, também podem ser reformados e até mesmo, merecem esse cuidado por serem de madeira maciça, o que os tornam peças de antiguidade com o passar do tempo.

Quando são passados de geração em geração, alguns móveis podem ganhar um valor maior e especialmente, sentimental e por isso não devem ser facilmente trocados por novos estofados que, por vezes, podem até mesmo ser mais frágeis e durar pouco tempo.

Caso você se decida por reformar um sofá ou estofado, lembre-se que o mais importante é pesquisar e selecionar um excelente profissional que irá realizar esse serviço como um verdadeiro artista, para você ter novamente um estofado lindo e renovado em sua residência.

Gostou? Compartilhe!

Baixa pressão de água no chuveiro: como resolver este problema

Você certamente alguma vez já se deparou com a baixa pressão de água no chuveiro quando foi tomar banho? Isso pode acontecer devido a problemas no abastecimento de água da sua rua ou ainda, problemas na tubulação dos imóveis.

A falta de pressão também pode ser provocada pelo redutor, tubulação de poucas polegadas, além de outros fatores como bairros mais elevados ou caixa de água muito próxima do chuveiro, não possibilitando a pressão.

Como são vários os fatores que prejudicam a pressão da água, é importante que você saiba como resolver este problema. Mas se você não sabe por onde começar, não se preocupe observe aqui alguns possíveis problemas e como resolvê-los.

Como resolver a baixa pressão de água no chuveiro

Primeiramente, antes de começar a fazer a manutenção no chuveiro, você deve desligar a chave de energia principal. Depois disso, comece a fazer a manutenção pelo lado mais simples até encontrar o problema que está causando a falta de pressão na água.

Redutor no chuveiro

O redutor é uma peça pequena que geralmente faz parte do chuveiro, ele fica encaixado na saída da água do chuveiro e serve para diminuir o fluxo de água quando a vazão é muito forte.

O seu objetivo é economizar água e proteger o chuveiro em caso de pressão de água excessiva. No entanto, com o passar do tempo é comum que está peça fique entupida por incrustações de calcário e, para resolver isso, você deve remover a peça e fazer um teste no chuveiro sem o redutor antes de limpá-la ou trocá-la por uma nova.

Tubulação obstruída

Geralmente a tubulação de água pode ficar obstruída quando é muito velha ou quando existem incrustações de calcário e eletrólise. Caso seja esse o problema na encanação, é preciso substituir a antiga por uma nova, mas caso a baixa pressão da água no chuveiro seja provocada pela corrosão, é preciso usar um produto ou qualquer outro método específico para este problema.

 Tubulação de pouca polegada

A baixa pressão de água no chuveiro pode ser provocada também pela má instalação dos canos ou manutenção malfeita. Quando a instalação das tubulações e conexões é feita de forma inadequada, seja em um prédio ou em uma casa, é comum que aconteçam vazamentos e o fluxo de água nas torneiras e também no chuveiro seja reduzido. Para resolver este problema, é necessário chamar um encanador experiente.

Instalação inadequada da caixa de água

A caixa de água, quando instalada em uma altura muito baixa é comum que a pressão da água no chuveiro também fique fraca. Em outro caso, se ela for instalada muito alta, talvez não consiga receber boa pressão de água da rua.

Por isso, é importante instalar a caixa em uma altura adequada para que ela tenha pressão para água do chuveiro e ao mesmo tempo, tenha pressão para encher com a água que vem da rua.

No entanto, se você não quer reformar a caixa de água, pode usar um pressurizador no chuveiro da sua casa para aumentar a pressão da água. Se quiser, também pode usar este acessório na caixa de água, mas em ambos os casos é necessário contratar um encanador para fazer esta instalação.

Bairros mais elevados com pouca pressão da água

Em outro caso, a baixa pressão da água tanto no chuveiro quanto nas torneiras, é provocada pelo nível elevado de alguns bairros ou andares mais altos de um edifício.

Isso acontece quando o fornecimento de água está comprometido, sendo oferecido uma vazão de água muito abaixo do necessário para ela chegar até os lugares mais altos.

Neste caso, é necessário usar um pressurizador para a caixa de água ou um pressurizador residencial automático.

Como fazer para aumentar a pressão da água

Antes de fazer qualquer reforma ou procedimento para aumentar a pressão da água da sua casa, observe algumas dicas que podem ajudar a resolver este problema.

 Observe todos os registros de água

Antes de começar qualquer procedimento para tentar resolver a baixa pressão da água no chuveiro, verifique primeiramente se todos os registros de água estão bem abertos.

Abra todos por completo e também abra o registro próximo do hidrômetro de água para tentar resolver o problema.

Observe os canos e conexões

Depois de observar todos os registros, verifique também a instalação hidráulica da sua casa, pode acontecer de ter algum entupimento simples ou má conexão entre os canos.

Se você entende um pouco sobre encanamento, pode resolver o problema sozinho, mas se o problema é mais sério, chame um profissional.

Limpe as torneiras e o chuveiro

Em casos de falta de pressão na água da torneira ou do chuveiro, pode ser ainda alguma obstrução por sujeira que ficou presa no encanamento, neste caso uma simples limpeza pode resolver.

Para isso, basta apenas desmontar a parte entupida, limpar e colocar de volta no lugar. Neste momento, qualquer entrada de ar que também possa ter diminuído a pressão da água, irá sair por completo no ato de reinstalar a torneira ou chuveiro.

Gostou deste artigo? Vários fatores podem prejudicar a pressão da água tanto nas torneiras quanto no chuveiro como você observou, em alguns casos é preciso chamar o encanador para substituir a encanação e demais peças, mas em outros você mesmo pode resolver desde que consiga identificar a razão do problema.

Aproveite e veja dicas de como organizar o banheiro.

Gostou? Compartilhe!

20 ideias para decorar as paredes sem fazer sujeira (quadro, adesivos, escultura…)

Sabe aquela parede sem graça, que tem uma corzinha de nada mas que você sabe que tem potencial para deixar o ambiente mais bonito, aconchegante e diferente? Pois bem, é possível fazer uma boa mudança sem sujeira, ou seja, sem pintura ou aplicar uma pedra, etc… Então fiz uma seleção de ideias para que eu, e vocês possamos brincar nas nossas paredes e decora-las de forma criativa!

Ideias para decorar com papel de parede:

Uma das formas mais simples de deixar uma parede diferente é com a colocação de papel de parede. Essa sugestão deixa o ambiente com um ar totalmente diferente, mas pode ter um custo um pouco elevado. No caso abaixo, uma parede totalmente comum da cabeceira, deixou o quarto moderno e lindo! Nesse ambiente, o papel escolhido foi da Bobinex, um papel nacional, que possui por isso, o custo um pouco menor do que os importados. A grande vantagem é a versatilidade e agilidade da aplicação.

decorar parede com papel de parede
Papel de parede moderno decorando a cabeceira

Para quem prefere delicadeza, o papel de parede floral colocado abaixo é super feminino e bonito. Você também pode usar arabescos, listras, desenhos e etc.

Maravilhosa DIY – o decorar as paredes do quarto tecido Tecido De Parede Para Quarto

Decorar com quadros

Os quadros são sempre bem vindos em qualquer decoração, podem ser colocados em conjunto ou apenas uma grande peça bonita e de destaque. São proposta diferentes que mostro nas imagens abaixo. A primeira um quadro grande e moderno atrás do sofá, e a segunda um conjunto de quadros que preenchem uma parede.

decorar parede com quadro grande e moderno
Quadro grande de destaque na sala
decorar ambiente com conjunto de quadros
Conjunto de quadros preenchendo uma parede

Adesivos de parede (lousa, frases, painéis e papel contact):

Os adesivos podem parecer algo do passado, mas se bem escolhidos dão um charme total ao ambiente. Você pode aplicar adesivos grandes em rolos, como lousas ou paisagens, ou pequenos como frases, bolinhas, corações e etc.

Atualmente está bem em alta fazer bolinhas para quartos infantis, ou pequenos triângulos. Você pode fazer com papel contact e recortar sobre um molde.

Aqui temos um modelo de painel adesivo com montanhas. Além desse existem outros estilos e cores, um mais lindo que o outro.

As louças são super tendências e podem tanto ser compradas em forma de adesivo, como pintadas com tinta preta fosca.

Decorar com esculturas de parede

Esculturas de parede são como quadros, também são obra de arte. Podem ter um formato específico como folhas, flores e galhos, ou ser arabescos e formas geométricas.

O primeiro modelo que quero mostrar é essa escultura de aço pintada de dourado, bem grandiosa e bonita. Fica melhor em grandes ambientes.

O outro modelo bem diferente que quero mostrar, é a s rosas da Simone. Ela tem várias formas diferentes com lindas rosas feitas de gesso, elas ficam em arabescos, quadros, molduras e em outros formatos. São lindas e delicadas.

Placas adesivas de tijolinhos

Os tijolinhos adesivos são muito legais, pois além de darem cara nova pro espaço, também dão uma textura diferente, quase em 3D. Elas vem em placas grandes que facilitam muito a instalação.